as melhores ofertas na Madeira
encontre e reserve já
porquê reservar connosco
+ mais opções + menos opções

A produção do Vinho Madeira

Muitas mãos hábeis participam na produção do requintado Vinho Madeira. Apesar de hoje em dia a maior parte do processo de produção ser feita por máquinas (a prensa e o engarrafamento), existem ainda alguns trabalhos que, devido à natureza orográfica espectacular da ilha da Madeira e à sensibilidade do processo, têm que ser feitos cuidadosamente à mão.

A poda das vinhas em Fevereiro / Março é feita minuciosamente pelos dedicados produtores para garantir que a planta está pronta para brotar os seus novos rebentos. É um trabalho difícil, porque as vinhas crescem no cimo de altos e íngremes socalcos e a maioria das vinhas são treinadas para crescer em latada, trepando um poste e depois espraiando-se horizontalmente sobre uma rede de arames, numa mancha vertiginosa de pérgolas como degraus de gigantes a subir as montanhas.  

O mesmo vale para a colheita das uvas durante a vindima. Ainda não foi inventado o tractor que possa subir estes socalcos terraços impressionantes e chegar aos mais altos e ensolarados cachos. A vindima é sempre uma época de celebração, quando as famílias e os vizinhos se reúnem para ajudarem-se uns aos outros a colher as uvas uns dos outros. Devido aos diferentes microclimas da ilha da Madeira, a vindima dura quase dois meses e meio, entre o final de Agosto e meados de Outubro. Por isso, é uma longa, trabalhosa e amorosa celebração.

Instalações modernas podem esmagar mecanicamente as uvas que são trazidas de toda a ilha da Madeira, mas o método preferido é ainda pisá-las no lagar, dançando alegremente ao som de cantigas tradicionais e sentindo o sumo que se irá transformar num vinho celestial a passar entre os dedos dos pés. É uma experiência inesquecível e gratificante e se estiverem na Madeira entre o final de agosto e meados de outubro não hesitem em experimentar entrar na brincadeira.

Hoje a Ilha da Madeira conta com uma impressionante rede rodoviária mas antes da construção das estradas era contraproducente transportar os cestos de uvas às costas quando se tinha de andar a pé durante dias até chegar ao produtor que faria o vinho. Era mais prático pisar as uvas num lagar perto de casa e em seguida encher peles de cabra (borrachos) com o mosto para então descer as belas encostas montanhosas. Os homens cujo trabalho era fazer isto eram chamados de borracheiros, e como podem imaginar, por vezes, precisavam de algum sustento nessas caminhadas que poderiam ser de 20 km de comprimento: então começavam a aliviar o seu peso e a levantar os seus ânimos bebendo um pouco da sua carga. Ainda hoje, quando se está um pouco embriagado na Madeira diz-se que está um bocado borracho.

Após o vinho ser prensado e filtrado, ele é colocado em antigos barris de carvalho para se iniciar o processo único e longo da fermentação. Portanto, não poderíamos falar sobre o Vinho Madeira, sem mencionar os tanoeiros. Há muito poucos tanoeiros ainda em actividade, só raramente construindo novos barris. Hoje em dia o seu papel principal é o de reparar os vetustos barris de carvalho, para as adegas transferirem o vinho das alas mais quentes para as mais frescas através da utilização de mangueiras. Estas ligam os cascos existentes em cada local das adegas e de acordo com as avaliações do processo de fermentação feitas pelos enólogos e dependendo do grau de acidez pretendido, o vinho é então transferido entre os barris.

Todas as adegas empregam enólogos para seleccionar as uvas, trabalhar os seus vinhos, para misturá-los e para tomar decisões sobre quanto tempo um vinho deve ser deixado no barril e a que temperatura.  A razão pela qual as encantadoras adegas cheiram tão bem é porque o vinho precisa de ar para fermentar, de modo que os barris nunca estão cheios até cima. O volume do vinho está constantemente a diminuir e segundo os ingleses esta evaporação chama-se: o quinhão dos anjos!

Review de uma Tour de Vinho

"We really enjoyed the wine and food tour with our congenial and informative guide. He told us a lot about Madeiran customs as we sampled a wide variety of local food and drink."

JC u “A great morning!”, 26th February 2016 - 5 star rating: Highly Recommended Tripadvisor review 5star rating Highly Recommended

 

      

VeriSign Secured, McAfee Secure, W3C CSS compliant
GuestCentric - Hotel website & booking technology